O que saber sobre a cirurgia de maxilar

A cirurgia de maxilar vai além de um procedimento estético, pois além de recuperar a autoestima e melhorar a qualidade de vida, pois resolve problemas que podem comprometer a saúde do paciente.O problema de desarmonia facial atinge, aproximadamente, 30% da população, sendo a cirurgia de maxilar uma alternativa para correção da boca, queixo ou gengiva quando estão muito acentuados.

Motivos para optar pela cirurgia de maxilar

O procedimento cirúrgico é realizado pelo especialista em cirurgia buco maxilo facial. A cirurgia de maxilar, também chamada de cirurgia ortognática, tem por objetivo reposicionar os maxilares para melhorar a mordida. Assim, beneficia também a estrutura facial, conferindo um aspecto mais proporcional à face e recupera a autoestima do paciente e o seu bem estar.E além disso, melhora algumas funções básicas da fala e mastigação e contribui para a prevenção de problemas mais graves, entre eles: distúrbios da fala, problemas respiratórios e de convívio social.

Para quem é indicada a cirurgia de maxilar?

A cirurgia se maxilar é recomendada quando se identifica algum tipo de desarmonia facial, como por exemplo, pelo crescimento desproporcional de algum dos ossos da face, tais como:
  • Mandíbula;
  • Maxilar;
  • Queixo;
  • Nariz;
  • Maçã do rosto.

A cirurgia de maxilar é realizada quando a formação óssea do paciente está completa o que ocorre a partir dos dezessete anos de idade. O procedimento corrige funções importantes para a saúde e o bem estar do paciente, como por exemplo: função da mastigação, evita a retração da gengiva, desgaste das articulações temporomandibular, artrose temporomandibular, entre outros problemas do esqueleto maxilo facial.

Veja quais são as restrições

A cirurgia de maxilar é contraindicada para paciente que apresentem alguma tipo de restrição à anestesia geral, com distúrbios neurológicos ou com restrição alimentar.Para verificar se o paciente apresenta as condições necessárias para se submeter à cirurgia de maxilar sem maiores riscos, o profissional irá solicitar exames laboratoriais e realizar o diagnóstico. Somente um profissional qualificado está apto a indicar o tratamento mais adequado para cada situação e se há necessidade ou não de realizar a cirurgia de mandíbula.

Publicações Relacionadas

Regiões onde a Consulta Ideal atende cirurgia de maxilar: