Cirurgia maxilar recuperação: duração e intervalos de tempos importantes

Após passar por um procedimento como a cirurgia maxilar recuperação, o paciente deve seguir algumas orientações médicas de modo que sua reabilitação não comprometa a rotina da pessoa por mais tempo do que o necessário.

Sendo assim, as principais recomendações estão relacionadas a alimentação, higiene, medicação e cuidados primários para reduzir o inchaço do local. Para manter uma boa dieta e certificar-se de que há uma boa ingestão alimentar, é recomendável que o paciente passe pela cirurgia maxilar recuperação faça seis refeições por dia, de modo que cada uma seja composta por quantias diminutas mínimas de duzentos miligramas.

Durantes as primeiras 48 horas, os alimentos ingeridos não devem ser quentes, de modo que se escolha opções frias e geladas. A condição pastosa dos alimentos deve ser mantida por quarenta dias, de modo que o retorno para os alimentos sólidos mais duros deve ocorrer somente com sessenta dias.

Cirurgia maxilar recuperação: recomendações

Mesmo com a reclamação de muitos pacientes por conta do inchaço nos lábios que dificultam a sua alimentação, nos primeiros dias que sucedem a cirurgia maxilar recuperação a orientação é que estes ingiram alimentos calóricos e ricos em proteínas.

Outras recomendações dadas aos pacientes, que ajudam o seu processo de recuperação, são:

  • Permanecer em repouso, pedindo afastamento de atividades, como trabalho, por um período longo suficiente pré-estabelecido pelo médico cirurgião que está conduzindo o caso. O prazo costuma girar em torno de quinze dias, podendo ter variação em sua extensão de acordo com as especificidades de cada paciente e suas reações após a realização da cirurgia maxilar recuperação;
  • Seguir as instruções dadas com relação aos medicamentos recomendados, mantendo seu uso pelo tempo determinado;
  • Evitar atividades físicas ou outras atividades que exijam maior esforço e movimentação da cabeça;
  • Higienizar o local, alterando o procedimento de acordo com o estado e sensibilidade do local.

Cirurgia maxilar recuperação e suas contraindicações

Um dos questionamentos que muitos pacientes podem fazer com relação a cirurgia maxilar recuperação está relacionado a casos em que há contraindicações com relação a esse procedimento.

Desse modo, é importante destacar que nem sempre é necessário passar por intervenções cirúrgicas como essas, como em quadros em que o diagnóstico não identifica alterações ósseas que comprometam a saúde e bem-estar do paciente. Outra situação em que não é indicada a cirurgia maxilar recuperação gira em torno de circunstâncias em que pode haver complicações relacionadas ao paciente e a aplicação de anestesia geral.


Publicações Relacionadas

Regiões onde a Consulta Ideal atende cirurgia maxilar recuperação: