Melhore a estética facial com a cirurgia na mandíbula

A cirurgia na mandíbula, também chamada de cirurgia ortognática, possibilita uma melhora na estética e na oclusão (mordida). Este procedimento cirúrgico tem a finalidade de posicionar de forma adequado os maxilares, fazendo com quem a face do paciente mude e resulte em um rosto mais harmônico.

Como funciona a cirurgia na mandíbula?

Trata-se de uma cirurgia em que na maioria dos casos não é realizada isoladamente, pois faz parte de um processo chamado de tratamento cirúrgico ortodôntico o qual pode ser realizada antes ou após a cirurgia na mandíbula. A cirurgia na mandíbula é indicada para pessoas que apresentem algum tipo de desarmonia facial que vai além de um problema de ordem estética. Na maioria dos casos, é resultado de um crescimento exagerado ou inadequado de algum osso da face, podendo ser:
  • Mandíbula,
  • Queixo;
  • Nariz;
  • Malar (maçã do rosto).

Normalmente, a assimetria facial se inicia durante a fase de crescimento e estabiliza na fase adulta. Este tipo de situação não gera só problemas estéticos, pois afeta a saúde e o bem estar do paciente. Assim, uma das opções para melhorar a harmonia facial é realizar uma cirurgia na mandíbula a qual também previne problemas futuros como:

  • Retração da gengiva;
  • Desgaste na articulação temporomandibular
  • Artrose da articulação temporomandibular.

Através da cirurgia na mandíbula é possível a prevenção de problemas do esqueleto maxilofacial. Pode ser uma alternativa para o tratamento de pacientes com apneia obstrutiva do sono o qual apresenta bons resultados.

Veja em que casos a cirurgia na mandíbula não é indicada

Assim como qualquer procedimento cirúrgico, é preciso que o profissional analise o quadro clínico do paciente e o seu estado de saúde. Em alguns casos, podem ser solicitados exames adicionais para um melhor diagnóstico e assim, verificar se o paciente possui algum distúrbio sistêmico que impossibilite o uso de anestesia geral.Por isso, a escolha de um bom profissional é de extrema importância, certifique-se de que o mesmo esteja habilitado para realizar a cirurgia na mandíbula. Uma das formas é verificar este possui registo no respetivo conselho de classe, no caso, Conselho Regional de Odontologia.

Publicações Relacionadas

Regiões onde a Consulta Ideal atende cirurgia na mandíbula: